O Gato-palheiro é um pequeno mamífero pertencente à família dos Felinos.   È encontrado em uma vasta região que se estende por todo oeste e uma área central da América do Sul, região esta que inclui as Cordilheiras dos Andes.
Devido à grande extensão territorial em que vive, o gato-palheiro é encontrado em vários habitats diferentes (pastos em planícies, florestas equatoriais densas e montanhas com vegetação pobre em altitudes bastante elevadas).
O animal adulto o gato-palheiro pesa de 3 a 7 quilos. Seu corpo mede de 56 a 70 cm. A cauda mede por volta de 30 cm. O gato-palheiro é muito semelhante a um gato doméstico. Possui cabeça larga e suas orelhas são mais pontiagudas que a dos outros gatos sul-americanos. Seu pêlo é longo e as cores padrões e texturas variam bastante, podendo ser escuras com pintas vermelhas ou cinza-prateado claro. Quando fica com medo ou nervoso os pêlos do dorso ficam arrepiados dando-lhe uma aparência de maior porte para intimidar o inimigo.

O gato-palheiro caça com maior freqüência à noite e se alimenta de pequenos mamíferos, roedores e pássaros. Algumas vezes chega a abater aves domésticas em áreas onde existe a presença humana. Por essa razão são caçados violentamente.

Atinge a maturidade sexual aos dois anos de idade. A época de reprodução estende-se de abril a julho. Sua gestação leva aproximadamente 75 dias e o número de filhotes é de 1 a 3.

Devido à caça e a destruição das áreas de cerrado, essa espécie encontra-se em risco de extinção na fauna brasileira, restando 308 animais.

fonte:www.achetudoregiao.com.br